top of page
  • Foto do escritorAmgercal

Saiba como cuidar de uma cacatua




A Cacatua é uma das aves mais populares para ter como animal de estimação. Ela chama atenção pelo seu porte mejestoso, plumas abundantes, penacho vistoso e temperamento amigável. A beleza desse pássaro realmente conquista as pessoas. A ave pertence à família Cacatuide e tem cerca de vinte espécies diferentes, cada uma com suas características. Dentre elas, as mais conhecidas são: Cacatua branca, Cacatua-de-crista-amarelada, Cacatua Galah, Cacatua Moluccana e a Cacatua Sanguínea. Apesar da personalidades distinta, a aparência das espécies são bem parecidas.

A Cacatua é inteligente, pode ser adestrada facilmente e se adapta bem em casa. Costuma vocalizar bem alto para chamar atenção das pessoas, algumas chegam até a imitar a voz humana e podem aprender a cantar. Mas tome cuidado, às vezes esse pássaro se irrita bem fácil. Pode viver até 80 anos, sendo uma companheira por muito tempo. E, se for bem tratada e cuidada, se afeiçoa rapidamente as pessoas, tornando-se dócil e brincalhona.

Um bom jeito de compreender o humor da Cacatua é observando seu penacho. Quando está eriçado, indica que a ave está se sentindo bem e, caso esteja formoso e imponente, pode até render prêmios em concursos de animais. No entanto, se a crista se encolher, seu humor não está dos melhores e é melhor deixá-la quieta.

Caso deseje adquirir um exemplar, é bom saber que a Cacatua é considerada uma ave exótica e precisa de uma licença ambiental dada pelo IBAMA e regularizada pelo Ministério do Meio Ambiente. Procure um criadouro legalizado e certificado e jamais contribua para o comércio ilegal de animais.




Escolhendo a Cacatua

Como já foi dito anteriormente, existem cerca de vinte espécies diferentes de Cacatua e será preciso escolher uma delas. Cada tipo tem suas particularidades e veja qual combina mais com o dono e seu estilo de vida.

Além de escolher a espécie, fique atento a outros pontos importantes. Procure uma que esteja saudável, alerta e não demonstre medo dos humanos. Preste atenção aos sons emitidos por ela. Se for parecido com sibilos ou girtos de tom agudo pode indicar agressão ou temor. Penas limpas e suaves e olhos claros são sinais de boa saúde. Confira o aspecto geral do animal.

O penacho indica o humor da Cacatua, então fique atento nele. Se ele estiver erguido, mas relaxado, é um bom sinal. Quanto está totalmente elevado significa supresa ou atitude defensiva. Mas se está achatado, indica medo ou hostilidade.

Após verificar a saúde e aspecto do pássaro, se certifique que a escolhida te aceita nesse primeiro contato, responde à sua voz e a personalidade te agrada. É importante escolher com sabedoria, pois ela será seu animal de estimação por longos anos.

Tornando o ambiente agradável

Compre uma gaiola que se adapte a Cacatua escolhida. A ave precisará de 75 cm de espaço, e a gaiola deve ter cerca de 60 cm de altura. Quanto maior ela for melhor. Caso tenha mais de um exemplar, esse espaço deve dobrar. As barras deve ter um espaçamento de 1,8 cm ou menor, fique de olho para o animal não passar ou ficar preso entre os arames.

Coloque a gaiola num bom local na casa. Escolha um ambiente calmo, sem correntes de ar e onde o sol não incida durante o dia todo. A Cacatua não ficará o dia inteiro dentro da gaiola, por isso, torne os cômodos seguros para ela passear. Não deixe fios eléticos a mostra, evite deixar objetos pequenos e facilmente engolidos no chão, plantas tóxicas não devem ser de fácil acesso, entre outros perigos.

Encha a gaiola com poleiros naturais ou de cimento. Eles são essenciais para a saúde dos pés da sua ave. Evite os feitos de madeira, pois a Cacatua rói com facilidade. Forre o chão com um substrato, como espigas de milho, papel reciclado ou nozes esmagadas. A "casa" deve ser confortável e agradável.


Por ser uma ave muito ativa, é interessante apresentar brinquedos para a manter entretida. Essa espécie é muito inteligente, então fica entediada com facilidade. Dê a ela um ou dois brinquedos e vá trocando conforme se canse. Dessa forma, mantém o interesse ativo por brincadeiras.

Brinquedos de morder, sinos, cordas, bolas grandes e chocalhos são alguns exemplos. Além dos objetos, não esqueça da interação humana. As Cacatuas são muito sociais e adoram companhias. Converse, faça carinho na nuca, brinque, ofereça alimentos, ensine truques, entre outros. Ela precisa dessa atenção pelo menos uma vez ao dia e, se o tempo dedicado não for suficiente é indicado que não seja criada sozinho, adquira outro exemplar para fazer companhia.




4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page