Dicas de manejo - Pássaro sente frio?

No quadro “Dicas de Manejo”, Gabriel Volffe responde: “Pássaros sentem frio?”



A temperatura de cada ave pode variar conforme a espécie, sua temperatura também é mais alta que a do corpo humano. Porém, mesmo assim as aves sentem frio.

As aves são animais homeotérmicos, ou seja, são capazes de regular a temperatura do corpo independente da temperatura do ambiente. Isto acontece, devido ao centro termorregular que fica localizado no sistema nervoso central do animal. Sua temperatura varia entre 40 e 42 graus, podendo aumentar 1 ou 2 no período de incubação. Mesmo que existam aves que conseguem suportar temperaturas negativas de 20 a 30 graus, há outras que não conseguem suportar pequenas mudanças climáticas.

Produção de calor


A produção de calor da ave, está relacionada a capacidade de oxigenação dos alimentos, dependente de uma boa oxigenação do tecido. Está oxigenação se dá pela ventilação do sistema respiratório e pelo coração que contém quatro câmaras, que formam uma circulação dupla que disponibiliza uma energia maior para manter a temperatura e também voar.

A presença da camada de gordura e também de suas penas, sendo a última uma grande auxiliadora dos pássaros quando a temperatura está baixa, pois as penas arrepiam e aumentam a camada de ar que está entre elas promovendo o isolamento térmico. Em conjunto com isto, ocorre também uma maior oxidação dos alimentos para produzir calor e assim, um maior gasto de energia.



Nos pés destes animais, existem um mecanismo de contracorrente sanguínea, o qual impede a perda de calor. Os vasos sanguíneos que levam sangue ao pescoço e pés, são envolvidos por outros vasos que levam o sangue para o corpo. O sangue absorve o calor e traz de volta para o corpo impedindo a sua perda.

É possível notar que em temperaturas muito altas, que as aves ficam com as penas muito próximas ao corpo, para diminuir a camada de isolamento de ar. Desta forma, o sangue é enviado para pele e respiração do animal fica mais acelerada. O ar presente nos sacos aéreos absorvem o calor presente no corpo e o elimina no processo de respiração.

O tamanho influencia no nível de sensibilidade das aves


O tamanho e as características dos lugares em que vivem, também influenciam no nível de sensibilidade que ele vai ter em relação às temperaturas mais baixas do que o habitual.


Alimentação e cuidados

Oferecer porções generosas e reforçadas de farinhada para as aves nesta época de frio, é necessário para manterem sempre a quantidade de energia necessária para todo esse processo.

As aves não precisam se proteger do frio como nós, com cobertores, casacos, chá e café quentinho, elas conseguem suportar estas mudanças climáticas. Porém, deve evitar correntes de ar, que podem trazer diversas doenças.

Amigos criadores, deve-se atentar sempre a idade e a doenças que a ave tem neste momento de mudança de clima. Filhotes, aves idosas e doentes, devem sempre se manter aquecidas e longe de correntes de ar. Às vezes pode ser necessário o uso de lampada ou aquecedor para as manter para sempre as manter aquecidas.

O frio mesmo não podendo causar doenças específicas, mas pode abaixar a imunidades das aves o que permite possíveis infecções, como também causar as doenças mais comuns as quais são: siringite, traqueíte e pneumonias. Já algumas aves, podem ter reações alérgicas a mudança de tempo.

Canários, trinca-ferro e outras espécies de pequeno porte, podem apresentar rouquidão neste tempo mais frio. Aves que vivem em temperaturas mais quentes, podem correr o risco de ter pneumonias, por isso é importante os proteger e entender suas características para saber como fazer quando há mudança de tempo.

Dicas para proteger suas penosas:

  • Capas protetoras;

  • Lampadas;

  • Panos molhados;

  • Aquecedores;

  • Garrafas mornas de fora da gaiola;

  • Não se esqueça de deixar a água em um lugar confortável.

  • Não dê banho em dias muito frios, pois suas penas demoram a secar e pode causar doenças.


Procure um médico veterinário sempre quando sua ave não apresentar estar bem.


gif


Gostou deste conteúdo?


Acompanhe e se inscreva em nosso canal o Youtube e não perca nenhum de nossos conteúdos.


Também não se esqueça de assinar nosso newsletter, para acompanhar o conteúdo semanal de nosso blog!


Amgercal, porque quem ama cuida!


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo